free simple website templates

O ministério infantil é o responsável por ajudar na formação espiritual das crianças, cooperando com o nascimento dos futuros líderes do Evangelho de Cristo e também contribuindo para envolver a criança no corpo de Cristo.

Ministério infantil - Como a Igreja pode ajudar na formação espiritual das crianças

Mobirise

Desafios: 
O Ministério Infantil apresenta algumas características diferentes de outros ministérios, e talvez até por isso, seja tratado por muitas pessoas de forma limitada. Um dos motivos, pode ser o jeito de falar com elas que é bem simples se comparado com os adultos.

Não precisa de muito argumento nem de técnicas elaboradas. Se souber como se aproximar delas você consegue muitos progressos. Ainda assim, professores se desesperam quando têm de “enfrentar” uma turma na escola dominical, culto do lar, célula ou culto infantil por não saber como lidar. E quando a ficha cai, percebem o nível do problema e se perguntam: “O que é que eu vou fazer?”.

Mobirise
Mobirise

Outra questão é a educação, onde existem aqueles que não tem a menor noção de como educar os filhos ou ensinar a bíblia a eles, transferindo esta tarefa para os “tios” da igreja. É visível que a moda deixar para outras pessoas a educação, invadiu também a igreja, onde manter a organização dos cultos se torna uma tarefa difícil, já que a equipe da igreja não tem autoridade para “disciplinar” as crianças.

O ministério infantil é viável,mas...

1

Exige muita dedicação e esforço por parte dos professores, para se ajustarem às características das crianças.

2

Exsite a necessidade de uma frequente atualização da metodologia de ensino, devido às constantes mudanças seculares pelos políticos.

3

Poucos se ajustam a esse ministério, que além demuito árduo, não "aparece" como alguns outros.

Muitas pessoas pensam que o ministério existe apenas para que os pais deixem as crianças com os responsáveis e possam assistir ao momento de culto tranqüilamente, sem nenhuma interrupção. Mas não é o que se vê em igrejas onde o ministério é levado realmente a sério. Além dos lanches e das brincadeiras realizadas, que visam criar um ambiente descontraído, alegre e ótimo para criar os relacionamentos, o momento conta com a parte do ensino, pastoreio, evangelismo e adoração. Tudo com o maior carinho, dedicação e criatividade, para que os pequeninos sejam tocados e sintam prazer em estar na igreja.

Deve-se ressaltar a importância dos voluntários desse ministério estarem comprometidos, em primeiro lugar com Deus, e depois com as crianças a quem servem, pois sem compromisso, não há ministério. A responsabilidade de cuidar e ensinar a esses pequeninos de coração puro é tão grande, que Jesus os fez de referência para nós: "Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não receber o Reino de Deus como uma criança nunca entrará nele". (Marcos 10.15).
Disse certa líder que "Quando a criança sente-se amada pela igreja, ela aprende a amar a igreja igualmente".

Siga-nos nas Redes Sociais!